WhatsApp PAY – O que podemos usar desta ferramenta

Além de memes, fotos e vídeos, agora dá para receber dinheiro pelo WhatsApp. O aplicativo ganhou recentemente a opção Pagamento, que permite ao usuário transferir valores pelas conversas que mantém com seus contatos. Mas você sabe tudo o que pode fazer com a nova opção de pagamentos?


É possível pagar contas? Usar cartão de crédito nas operações? Qualquer cartão pode ser usado? Movimentar dinheiro entre pessoas e empresas?


A expectativa é que, com o aumento, a opção Pagamento ganhe novas opções, mas por enquanto há algumas limitações.


Confira em detalhes o que é possível fazer com a nova opção Pagamento do WhatsApp:


O que dá para fazer?

1. Transferir ou receber dinheiro de familiares ou amigos sem pagar nenhuma taxa.


2. Transferir ou receber dinheiro em negócios realizados entre pessoas físicas. É possível receber ou efetuar o pagamento de algum serviço prestado ou contratado, mas não pode haver CNPJ envolvido na transferência.


3. Fazer uma transferência até mesmo para quem ainda não tem a opção Pagamento no WhatsApp. Neste caso, a operação deve ser feita por quem já tem a opção no celular. Para receber, a outra pessoa deve cadastrar o seu cartão na plataforma.


4. Solicitar um pagamento. Dentro da conversa, ao acessar a opção "Pagamento" é possível escolher o item "Solicitar" e lembrar alguém de efetuar a transferência. O beneficiário manda a mensagem já com o valor e pode deixar um breve texto explicando a que se refere.


5. Mandar dinheiro apenas com o número de telefone da pessoa. A transferência é feita de maneira muito parecida com o envio de fotos e arquivos, apenas entrando na conversa com a pessoa, acessando a opção Pagamento, inserindo valor e, por fim, a senha (ou biometria).


6. Incluir mais de um cartão como forma de pagamento. Neste caso, porém, apenas um deles será considerado padrão. A condição é que sejam os cartões dos bancos parceiros do WhatsApp, mencionados anteriormente.


7. Cadastrar a biometria no lugar da senha numérica como forma de autorizar as transferências, mas o celular precisa contar com essa tecnologia


8. Receber o dinheiro de volta em caso de a transação não ser efetivada. O prazo para estorno é de 24 horas.


9. Remover a função Pagamento. Caso não queira mais fazer uso dessa opção, o usuário deve entrar na opção "Pagamentos" na tela inicial do aplicativo, entrar em "Facebook Pay" e depois "Remover o Facebook Pay."


O que não dá para fazer?

1. Transferir ou receber dinheiro para ou como empresa, ou seja, fazer transações entre CNPJs ou entre CPF e CNPJ.


2. Pagar uma conta ou uma compra pelo aplicativo. Por enquanto, estão autorizadas apenas transferências, e entre pessoas físicas, de um CPF para outro.


3. Transferir dinheiro para quem você não tem o número de telefone ou para quem não tem WhatsApp. A transferência só pode ser feita para os contatos da sua lista no aplicativo.


4. Transferir via cartão de crédito. Só a função débito é permitida e dos bancos mencionados anteriormente


5. Usar contas dos novos bancos digitais para realizar a transferência. Somente Banco do Brasil, Bradesco, Inter, Mercado Pago, Next, Nubank, Sicredi, Woop estão autorizados. E mesmo esses dependem da bandeira do cartão.


6. Inscrever-se para participar. Se você quer acessar a ferramenta "Pagamento" é possível pedir a um amigo ou familiar que já tenha acesso para fazer uma transferência mínima em seu nome. Os bancos cadastrados na plataforma também podem convidar seus clientes.


7. Realizar uma operação pelo WhatsApp Web. Apenas a versão mobile permite transferências.


8. Fazer transações bancárias. O WhatsApp está inserido no ecossistema como iniciador de pagamentos, que dispara comandos, mas não detém as contas envolvidas em transferências, o que impossibilita que a empresa de se comporte como um banco.


9. Transferir dinheiro para o exterior. Só pessoas com o número de telefone do Brasil e dentro do país podem participar das operações.


10. Transferir dólares ou outras moedas estrangeiras. Só estão autorizadas transferências em real.


11. Mandar mais de R$ 1.000 por transação ou mais de R$ 5.000 por mês, podendo ser menor esse limite a depender de outras restrições impostas individualmente pelos bancos parceiros.


12. Ultrapassar o limite de 20 transações (de recebimento ou pagamento) por dia independentemente do valor.


13. Ampliar esses limites relacionados a número de transferências e valores inserindo mais de um cartão na plataforma. Os números limites para transferência e valor estão relacionados ao número de telefone e não ao cartão da pessoa.


Fonte: https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2021/05/12/pagamento-whatsapp-pessoas.htm