Preço de materiais puxa inflação da construção em novembro, diz FGV

Indicador acelerou para 0,15% no mês e acumula alta de 3,99% de janeiro a novembro de 2019


Os preços de materiais e equipamentos puxou inflação da construção civil em novembro, segundo o INCC-M (Índice Nacional de Custo da Construção), divulgada pela FGV (Fundação Getulio Vargas) nesta terça-feira (26).

 

O indicador acelerou de 0,12% em outubro para 0,15% em novembro deste ano. 

O resultado foi influenciado pelo aumento nos preços dos vergalhões e arames de aço ao carbono, metais para instalações hidráulicas, aluguel de máquinas e equipamentos, tubos e conexões de ferro e aço e tijolo/ telha de cerâmica. 


Em contrapartida, houve queda nos preços de argamassa, perna 3x3/ estronca de 3ª, elevador, tábua de 3ª e eletrodutos de PVC. 


O preço da mão de obra ficou estável de outubro a novembro. O indicador acumula alta de 3,99% de janeiro a novembro deste ano e de 4,12% nos últimos 12 meses.


Texto por Giuliana Saringer, do R7 - 26/11/2019 - 08h03 (Atualizado em 26/11/2019 - 08h08)