Eternit interrompe operações da companhia sulamericana de cerâmica

A Eternit S/A, que está em processo de recuperação Judicial, interrompeu, dia 22 de abril, as operações industriais da sua controlada Companhia Sulamericana de Cerâmica S/A (CSC), com consequente desligamento da totalidade de seus colaboradores.


De acordo com a nota emitida ao mercado, a decisão de paralisar as operações é consequência dos impactos diretos sofridos em razão da pandemia do Covid-19 que assola o País e que inviabilizou a continuidade dos esforços para a conservação das suas operações, sem contar os sucessivos resultados negativos registrados pela CSC, exemplicados pelo EBITDA negativo do 3º trimestre de 2019 (R$ 5.415 mil) e do 4º trimestre do mesmo ano (R$ 2.983 mil). A unidade será mantida paralisada até nova deliberação da Administração do Grupo.


De acordo com Diretor de Relações Institucionais com Investidores da companhia, Vitor Mallmann, a Eternit manterá os acionistas e o mercado em geral informados sobre o desenvolvimento do assunto.




Foto: Reprodução Internet.


Fonte: Revista Anamaco